Uma História, uma só paixão

10 de agosto de 2012

Galo bate Coxa e se mantém líder após “folga”

Foto: Superesportes

Após o descanso forçado, por conta do jogo adiado contra Flamengo no Brasileiro, o Atlético voltou a campo e manteve sua rotina de bons resultados. No sufoco, apesar ter o domínio durante toda a partida, o Galo fez valer o mando de campo e segue na ponta do campeonato. No segundo tempo, Réver usou a cabeça, após cobrança de escanteio de Ronaldinho Gaúcho, dando a vitória ao time mineiro nesta quinta-feira, no Estádio Independência. Os mais de 19 mil atleticanos na arena fizeram a festa.
No primeiro tempo, foram pelo menos três boas chances de gol para o Atlético marcar na primeira parte do jogo. Mas a bola não entrou na meta de Vanderlei, ora por competência do goleiro do Coritiba, ora por falta de capricho dos atacantes alvinegros.
Com as principais jogadas ofensivas do time de Cuca, Ronaldinho desequilibrou no inicio do jogo com ótimos passes e depois lançamentos para Jô e Bernard na tentativa de chegar ao gol. Jô, no primeiro lance bateu em cima do goleiro adversário. No segundo, pecou no chute.
Bernard chegou perto de abrir o placar, com um belo chute de fora da área. Eis que o Coxa contra-atacou e mostrou a que veio. Lançado em profundidade, Everton Costa, ficou cara a cara com Victor, mas bateu pra fora.
Em determinado lance, Réver, que depois marcaria um gol, se complicou com a bola ao tentar dar um chapéu no adversário na zona defensiva. O Coritiba criou um lance perigoso no ataque, mas a defesa alvinegra conseguiu se safar.
Aos poucos, o Coxa foi equilibrando a marcação, e o Galo tinha dificuldades de penetrar. Mas o amplo domínio alvinegro quase foi recompensado quando, no fim do primeiro tempo, em bola mandada no ângulo por Guilherme. Vanderlei queria roubar o posto de Ronaldinho como o dono da noite e mandou para escanteio. A bola ainda raspou na trave.
Um caso a parte, foi o trio de arbitragem. Estava totalmente perdido, invertendo várias marcações e desagradou às duas comissões técnicas, que, ao final da primeira etapa, partiram para cima dos homens de amarelo.
Logo aos 2 minutos da etapa final, o torcedor atleticano pôde soltar o grito de gol da garganta. Ronaldinho Gaúcho cobrou escanteio na cabeça de Réver, que balançou as redes paranaenses.

Foto: Carlos Roberto / Globoesporte.com

Com o gol, Marcelo Oliveira resolveu colocar o Coritiba no ataque. Rafinha e Roberto entraram nas vagas de Lincoln e Everton Costa, respectivamente. Já Cuca optou por trocar os centroavantes. Jô, que teve uma noite apagada, deu lugar a André, que não fez muito.
Dois lances que chamaram a atenção foram de cotoveladas de jogadores do Coritiba. Primeiro, Leonardo acertou Leonardo Silva no supercílio. O defensor alvinegro sangrou muito e ficou irritado. Mas o árbitro Pablo Alves não puniu o atacante adversário. Já nos minutos finais, o Coxa ainda perdeu um homem em campo. Rafinha, que já estava amarelado, deu uma cotovelada em Leandro Donizete e recebeu o cartão vermelho.
 Após a expulsão, ficou ainda mais difícil arrancar um empate no fim. A noite era mesmo atleticana. O próximo adversário do Galo está na briga direta pelo título, o Vasco. A partida, neste domingo, às 16h (de Brasília), será no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Já o Coxa, no mesmo dia e horário, em casa, pega o Corinthians.

#GaloSempre




Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

Um comentário:

  1. Gostei de ver o Galo jogando... vamos continuar assim

    ResponderExcluir

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com