Uma História, uma só paixão

10 de setembro de 2012

Bernard decide, e Galo mantém caça ao líder Fluminense

Foto: SuperEsportes


O Atlético fez valer a força como mandante, incendiou a torcida e voltou a vencer no Campeonato Brasileiro, depois de quatro partidas. Com gols de Leonardo Silva e Bernard (2), que jogou graças ao efeito suspensivo conseguido pelo clube, o Galo fez 2 a 0 no Palmeiras, na noite deste domingo, no Independência, pela 23ª rodada.
O primeiro tempo foi mais falado do que jogado, com Galo e Verdão pilhados em campo. Dá para entender, já que um queria recuperar a liderança perdida, e o outro tentava sair do buraco em que se jogou depois do título da Copa do Brasil – a zona de rebaixamento. O início nervoso exigiu ação do árbitro Leandro Vuaden, famoso por deixar o jogo correr mais, sem marcar muitas faltas. Nos primeiros 20 minutos, distribuiu três cartões amarelos, para Thiago Heleno, Valdivia e Guilherme.
Mais retraído, o Palmeiras fez a clássica aposta nos contra-ataques, mas sem qualidade nas conclusões. Com Tiago Real e Valdivia juntos pelo segundo jogo seguido, a armação melhorou e o time até teve suas chances, mais claras que as do Galo. Obina seguiu as orientações do técnico e quase não saiu da área, esperando por uma oportunidade. Perdeu uma, após dividida com Leonardo Silva, e teve um gol anulado por impedimento.
O Atlético voltou com duas alterações, ficando mais ofensivo. O volante Leandro Donizete e o meia Danilinho foram sacados para as entradas de Escudero e Leonardo.
Aos cinco minutos, o camisa 49 alvinegro deixou Marcos Rocha na cara do gol. Porém, a finalização do lateral foi muito ruim. Na sequência, Bernard recebeu lançamento, invadiu a área, bateu e o goleiro Bruno espalmou para escanteio. Depois da cobrança, o zagueiro-artilheiro Leonardo Silva cabeceou para as redes: 1 a 0.
O Verdão assustou só nos chutes de longe de Correa, o único que tentava algo diferente no Palmeiras. Numa dessas conclusões, a bola passou raspando o travessão de Victor, que salvou o time em algumas oportunidades, a principal delas em chute de Juninho, evitando o gol certo com muito reflexo em cima da linha. No fim, o mesmo Correa ainda acertou na trave uma cobrança de falta. Pensando em garantir o resultado, Cuca tirou Guilherme e colocou o volante Serginho a 15 minutos do fim do jogo.
Aos 41 minutos, o Palmeiras ainda teve duas chances. Depois do escanteio, Obina cabeceou e Victor tirou em cima da linha. Aos 45, Corrêa cobrou falta na trave.
Já nos acréscimos, depois do lançamento de Victor, Bernard ganhou do zagueiro e fechou o placar: 3 a 0.
Na próxima rodada, o Verdão faz mais um jogo fora de casa: enfrenta o Vasco na quarta-feira, às 22h (de Brasília), em São Januário. No mesmo dia e horário, o Atlético-MG volta a atuar diante de sua torcida: recebe o São Paulo no Independência.

Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com