Uma História, uma só paixão

6 de setembro de 2012

Galo pára no Bahia

Foto: Globoesporte.com

Apesar do alto número de desfalques, o Atlético teve boas condições de vencer o Bahia, nesta quarta-feira, no Pituaçu. No entanto, a pontaria não estava calibrada e as finalizações alvinegras não encontraram o gol de Marcelo Lomba. As duas equipes ficaram no 0 a 0.
Com cinco desfalques, Cuca já havia dito que esta seria a partida para o Galo confirmar a força do elenco. Não foi o caso, definitivamente. Guilherme, que entrou na vaga de Ronaldinho Gaúcho, mais uma vez ficou devendo. A linha que formou com Escudero, no lugar de Danilinho, não funcionou. O Bahia, por sua vez, teve marcação forte no primeiro tempo, criou mais e levou mais perigo, mas não conseguiu marcar.
Na etapa inicial, nos primeiros minutos, o Bahia foi melhor. Aos 11 minutos, Souza fez boa tabela com Zé Roberto e finalizou. Mas Victor fez a defesa sem grandes problemas.
Já o Atlético foi dono das duas melhores oportunidades. Aos 21 minutos, Guilherme cruzou, Leonardo ajeitou de cabeça e Bernard bateu de primeira, mas pelo alto. Aos 45, Richarlyson cruzou, Leonardo se antecipou e finalizou de primeira. A bola também foi para fora.
As duas equipes começaram a etapa final sem alterações, o que surpreendeu, principalmente pelo lado do Atlético-MG, que não foi bem no primeiro tempo. Com a mesma postura, não deu outra: Victor continuou a ter trabalho. Logo aos três minutos, após lance bisonho de Richarlyson, que recuou errado, Souza passou pelo goleiro, mas perdeu ângulo e rolou para Hélder, que vinha de trás e pegou mal na bola.
Aos 19 minutos, uma boa chance para o Galo. Bernard recebeu no canto esquerdo da área. De perna direita, ele bateu colocado, mas não acertou o gol. Pouco depois, uma boa jogada. Escudero ajeitou para Guilherme bater da entrada da área. Novamente, o chute não foi para a meta de Marcelo Lomba.
O camisa 10 teve outra chance aos 23 minutos. Ele foi recebeu um lançamento longo e teve a chance de bater na boa saída de Marcelo Lomba. O goleiro baiano conseguiu rebater. O Bahia estava com marcação mais frouxa, mas o Galo não soube aproveitar. O Tricolor começou a apostar no contra-ataque, e aos 28 Hélder fez boa jogada para Souza, que chutou em cima de Victor. A torcida bem que tentou empurrar o Bahia. Os mineiros, irreconhecíveis, não conseguiam se encontrar em campo. O 0 a 0 foi justo pelo que as equipes mostraram.
Com o resultado, o Tricolor chegou aos 24 pontos, enquanto o Atlético-MG foi para 45 e pode perder a liderança do Brasileirão nesta quinta-feira, caso o Fluminense vença o Santos no Engenhão.
O Bahia volta a campo no próximo domingo, às 18h30m (de Brasília), quando pega o Vasco, em São Januário. O Atlético-MG, no mesmo dia e horário, recebe o Palmeiras no Independência.

Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com