Uma História, uma só paixão

13 de setembro de 2012

Galo vence São Paulo no Independência e mantém o líder Fluminense sufocado

Foto: Superesportes



O Atlético-MG segue absoluto como mandante no Campeonato Brasileiro. Sem perder em casa na competição, o Galo venceu o São Paulo nesta quarta-feira, no Independência, com um gol de Leonardo. Apesar da pressão, o lance salvador só chegou depois de muitas investidas contra a defesa tricolor e após uma decisão polêmica do árbitro Sandro Meira Ricci - o juiz expulsou ainda na primeira etapa o lateral Douglas, do Tricolor. Melhor para os mineiros, que com o triunfo continuam na briga pelo título.
Boas chances de gol para o Atlético e a expulsão do lateral Douglas, do São Paulo, marcaram a etapa inicial.
Guilherme teve a boa primeira oportunidade, aos 10 minutos. Ele partiu em contra ataque pela esquerda e tentou bater colocado, no canto de Rogério Ceni. A bola foi para fora. Pouco depois, Leonardo se esforçou para alcançar a bola em cruzamento da direita. O goleiro do São Paulo interceptou primeiro.
Aos 25 minutos, o técnico Ney Franco já aprontava o atacante Ademilson para deixar o São Paulo mais ofensivo. Teve de mudar de ideia por causa de uma decisão polêmica da arbitragem. Ao tentar roubar a bola de Leandro Donizete, Douglas escorregou e acabou dando um carrinho no volante atleticano. Sandro Meira Ricci expulsou o lateral tricolor, que não tinha cartão amarelo.
No fim da primeira etapa, Bernard ainda teve boa chance de marcar, ao partir em velocidade pela esquerda. Ele cortou Wellington e bateu no canto de Ceni, que novamente impediu o gol alvinegro.
Com 10 jogadores, o São Paulo voltou recuado do intervalo. O Galo continuou na busca do gol. Aos cinco minutos. Leonardo ajeitou para Ronaldinho bater com força, mas foi para fora. Depois, Leandro Donizete também teve uma chance, em cruzamento de Marcos Rocha.
O Galo cercou a defesa tricolor na grande área. Leandro Donizete, Neto Berola e até o zagueiro Réver, de cabeça, chegaram perto do gol. Ceni e os beques são-paulinos se defendiam como podiam, até que, aos 16 minutos do segundo tempo, não foi mais possível parar a artilharia atleticana. Apareceu o segundo protagonista do jogo: Leonardo. Mesmo cercado por três são-paulinos, o atacante subiu mais que a defesa para completar o cruzamento de Bernard. O cabeceio à queima-roupa não deu chances a Rogério Ceni, que apenas assistiu à bola alçada dentro da pequena área. Foi o primeiro gol de Leonardo pelo Galo.
Pouco depois, Ronaldinho deu lindo passe por cobertura para Neto Berola finalizar no travessão, assustando o goleiro paulista. Em outra boa chance, aos 43, Marcos Rocha bateu da entrada da área, no cantinho, e Ceni buscou.
O Galo continua firme na caça à liderança do Campeonato Brasileiro. A distância de dois pontos para o rival carioca se mantém. O Alvinegro tem um jogo a menos, além confronto direto em casa para fazer no Independência contra o Fluminense.
Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com