Uma História, uma só paixão

25 de agosto de 2013

Não valeu?!


Há um mês a conquista mais esperada pelo atleticano aconteceu. Há um mês o grito de “Eu acredito” das arquibancadas ressoou mais alto. Há um mês aconteceu uma festa nunca vista antes pela torcida atleticana. Há um mês nós nos consagramos CAMpeões da América. Isso, um mês.
Espero que todas as promessas tenham sido pagas, que todos os devidos abraços tenham sido dados, que os amados tenham ressurgido, que a conquista tenha despertado um lado atleticano nunca visto antes em alguém. Nesses trinta dias, até quem vestia o roxo, o vermelho e o verde torceram por nós. Pedíamos para que saísse de qualquer forma, mas que fosse nossa e assim Deus o fez. 
Não sei ao certo se a partida do dia vinte e quatro de julho de dois mil e treze realmente valeu, nós jogamos contra o regulamento, nós jogamos com doze. Doze não, milhões. Tinha um pouquinho de nós em cada jogador. Ah! E que belo drible aquele que o Elias Kalil deu no Ferreyra, não é verdade atleticano? Digamos que bastante coisa aconteceu desde aquele dia, coisas sutilmente menos importantes que o nosso título. Coisas que eu não irei ressaltar aqui pra não fazer de forma alguma, o alvinegro chorar. Na verdade, é irônico pedir pra um torcedor do Atlético não chorar em um dia como este. 
Valeu, atleticano. Claro que valeu. Isso de jogar com mais de onze já foi aceito pelo mundo todo, porque todos estavam torcendo por você, GALO. Chore, atleticano! Coloque tudo pra fora, se possível, grite “GALO!”. Chore, porque valeu, porque é nossa e assim como o nosso amor, ninguém é capaz de tirar! 
Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Thaís de Lima

Thaís de Lima

Portadora de sangue preto e branco.

Um comentário:

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com