Uma História, uma só paixão

8 de dezembro de 2013

Dez


E hoje, oito de dezembro de dois mil e GALO, faltam dez dias pro Mundial. Dez, meu caro torcedor atleticano. Dez te lembra alguma coisa? Ou melhor, te lembra alguém? Faz lembrar o renegado Ronaldinho Galúcho, desculpe-me, Gaúcho. É, aquele que se fundiu ao Atlético.
O que seria o Mundial, o Atlético e o Ronaldinho pra torcida do GALO? O Mundial, uma conquista merecida (assim como a Libertadores), não obrigatória. O Atlético, a vida. Ronaldinho Gaúcho, o começo da nossa ressurreição.
Primeiro, surgiu o Alvinegro, o poderoso de Minas, o das esporas afiadas. Depois, o castigo. O castigo por ter uma torcida tão fanática, uma aprovação. Testaram a torcida do GALO, jogaram-na na série B, tiraram dela os craques, deram a ela a discórdia, feriram o coração de cada um deles, os fizeram chorar. Mas eles resistiram, gritaram aos quatro cantos, o porquê de vestirem aquelas duas cores.
Em seguida, veio Ronaldinho. Era hora de recomeçar. Destruíram quase tudo deles. Menos a torcida. Essa foi o alicerce. Devolveram os craques. Era hora de ressurgir, tanto pra Ronaldinho, quanto pro Atlético. O das esporas afiadas, como já tinha dito, estava de volta. Pegue a dez, Ronaldinho, venha guerrear conosco.
O Mundial, o merecimento. Eles não precisam, eles merecem. Nem as lágrimas desbotaram o preto e o branco. Olha que dez mais lindo no seu manto. Olha que dez mais reluzente aí na sua camisa. Bruxo, faltam dez dias. Dez, o número daquele que vai brilhar ainda mais feito a nossa estrela.


Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Thaís de Lima

Thaís de Lima

Portadora de sangue preto e branco.

Um comentário:

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com