Uma História, uma só paixão

28 de março de 2014

Nos basta as cores

  O Atlético sempre foi conhecido tradicionalmente como o time do povo, aquele que já passou mais de quatro décadas inteiras sem títulos de expressão. Nós, os torcedores, somos chamados  de alucinados e formamos a maior e mais bela torcida de Minas Gerais.
  Em 2013, o GALO contou com um arrebatador futebol de Bernard, Ronaldinho, Tardelli e Jô, com os milagres de São Victor e com o talento de todo o time. Iluminados foram os nossos caminhos. Bom, ou quase isso. Veio a nossa primeira Libertadores.
  Minas Gerais submeteu-se mais uma vez ao maior e mais belo dos seus bens, o venerado por milhões, o imortal Clube Atlético Mineiro. Uma festa!
  Apesar da nossa espetacular conquista, o GALO nunca precisou dos títulos pra ser grande. O que irrita os demais torcedores, é a imensidão do nosso canto. É a intensidade com que o Atlético continuou vivo depois de tantos anos.
  Hoje, diante dos meus olhos, ficou explícito mais uma vez o tamanho do nosso amor. Uma criança vestida com a camisa do Atlético, respondia impacientemente "Eu amo o GALO!", enquanto a outra ressoava a palavra "títulos".
  Não me surpreendi pela força com o qual ele pronunciava aquela frase. Mais parecia um galinho de briga. A veemência com que batia no peito me encheu de orgulho. Tão pequenino, tão sábio, tão atleticano. Gente da minha, dos meus.
  O que nos faz reluzir é o preto e o branco. Esse mesmo que cobre o nosso corpo e que o garotinho fazia questão de mostrar orgulhoso. Como o dizia o magnífico poeta "Enquanto houver uma criança atleticana, o GALO será imortal." Uma honra eternizá-lo e fazer parte da torcida mais apaixonada do mundo. ObriGALO!


Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Thaís de Lima

Thaís de Lima

Portadora de sangue preto e branco.

3 comentários:

  1. Como dizia, Drummond: "que me perdoe quem tem apenas títulos" www.euvistoacamisadogalo.com.br

    ResponderExcluir
  2. O Atlético possui muito mais do que isso. Obrigada pela leitura, Fábio Fernandes.

    ResponderExcluir
  3. Sou um atleticano paulista, é exatamente isso que não entendem quando falo o porque de ser atleticano. Maravilhoso o texto, parabéns! Aqui é Galo!!!

    ResponderExcluir

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com