Uma História, uma só paixão

21 de abril de 2014

Torcedor Radinho


(foto retirada de beladabola.com)
Qual atleticano que nunca passou raiva com o “torcedor radinho”? Para quem não sabe, “torcedor radinho” é aquele que em todos os jogos leva o seu fonezinho e fica ouvindo o Caixa ao mesmo tempo em que assiste ao jogo com a galera pela tv. O problema é que existe um tal de “delay” uma espécie de atraso nas ondas de tv, e principalmente se for tv a cabo, aí o atraso é bem maior.

Acontece que este tipo de torcedor fica antecipando as jogadas e informando com antecedência os lances e gritando gol primeiro que todo mundo... Fala serio! É um saco né?  Bããão, bão mesmo é ouvir o Caixa estando no campo, seja no Independência ou no Mineirão, e por falar em Mineirão vou contar para vocês um fato inusitado que aconteceu comigo logo na estréia do Gigante da Pampulha, o tal sítio do Galo.

O jogo de estréia do novo Mineirão aconteceu em 2013, foi o único clássico do novo estádio disputado com carga de ingresso de 50% para a torcida visitante, na ocasião o Galo perdeu de 2x1 , mas isso não vem ao caso.

O Fato é que eu estava neste jogo e estava em pé escorado no guarda corpo de vidro ouvindo o Caixa e de olho no campo, ao meu lado estava um amigo e outros atleticanos que nunca vi, mais como em todo jogo, a resenha rola solta como se fossemos velhos conhecidos.  O Galo perdia o jogo não me lembro qual era o placar no momento, mas o time estava atacando com tudo e durante um contra-ataque eu olhei para a cara de desespero dos meus novos e velhos amigos e não pensei duas vezes; levei a mão na orelha como se estivesse tentando escutar algo, olhei com os olhos esbugalhados e gritei “gooool” com toda a minha força. Juro, o meu amigo e mais dois olharam para mim e começaram a comemorar por alguns segundos, até cair a ficha que nós estávamos pessoalmente no estádio e que a Itatiaia ainda não prevê o futuro.

O pior é que os outros torcedores começaram a olhar pra gente com olhares desconfiados, tudo por que nosso time estava perdendo e a gente estava morrendo de rir.  
Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Daniel Gomes

Daniel Gomes

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com