Uma História, uma só paixão

16 de maio de 2014

Quem ri por último

Com a eliminação do Cruzeiro da Libertadores, tomei a Liberdade de chamar nosso caro amigo celeste, Tiago Sampaio, para novamente nos conceder uma entrevista, assim como havia feito há um tempo atrás ao meu amigo Wagner Marques. 

Como Wagner, pedi que ele se expressasse da maneira mais sincera possível e acrescentei que ele deveria descrever  detalhadamente o que se passou  na cabeça do Cruzeirense naquele momento. E o Tiago enviou:

"Olá, pessoal do GALO FOREVER! Agradeço-lhes a atenção para comigo, os internautas celestes não gostam de mim (se é que algum deles se preocupa com o time depois que somos eliminados. Porque Cruzeirense é assim, só aparece quando tudo vai bem). Amo ser entrevistado por vocês, acho um máximo como escrevem e expõem o ponto de vista da MASSA! Queria uma torcida assim.

Bom, como disse na entrevista anterior, em toda esquina que vai, encontra-se um atleticano! Caramba! Os caras não se cansam de cantar. É um tal de "Cruzeiro Marion Es", "Ah, que isso elas estão eliminadas!" e o "Oh, San Lorenzo!", vocês me matam de raiva! Estou descabelada.

Vamos ao jogo em si. Depois de quase quarenta minutos, conseguimos reunir cerca de sete cruzeirenses em um bar. Ninguém cantava, ninguém pulava, ninguém vibrava. Meu gel custa caro, não iria bagunçar o meu cabelo e o futebol daquele "timinho" em campo era inversamente proporcional a minha maquiagem: pequeno  e feio. 

Víamos alguns torcedores na arquibancada. Com a gente é assim, se tudo vai bem, vai ter gente lá. Mas se começarmos a perder  frequentemente, pedimos desculpas , mas ninguém vai continuar se dizendo "cruzeirense" .

Jogo corrido... gol do San Lorenzo. Parte dos poucos simpatizantes que estavam no bar, foram embora, inclusive eu. Não preciso ficar sofrendo por jogadores gostosões. Arbitragem apitou o final da partida... aqueles malditos atleticanos estão fazendo festa. Quem ri por último, ri do Cruzeiro. Ah! E  o resto vocês já sabem, todas nós ficamos descontroladas e voltamos pra casa como se nada houvesse acontecido. Porque essa coisa de amor... Essa é pros meus rivais atleticanos!"  

Sobre o Autor:
Thaís de Lima

Thaís de Lima

Portadora de sangue preto e branco.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com