Uma História, uma só paixão

1 de junho de 2014

Giovanni falha no fim, e Galo é derrotado pelo São Paulo no Morumbi


Foto: GoogleImagens

Último jogo antes da paralisação do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo, o Atlético foi derrotado pelo São Paulo no Morumbi. Após um início de partida apático, o Galo cresceu de produção, passando a dominar a partida e igualar o placar. Porém, ao fim da partida, o goleiro mineiro falhou e decretou a vitória do time paulista, por 2 a 1.
O Tricolor abriu o placar aos 10 minutos do primeiro tempo, com Luís Fabiano. Aos 33 da etapa final, Josué empatou para o Galo, depois de uma jogada entre Neto Berola e Guilherme. No fim da partida, o colombiano Pabón, cobrou falta de longa distância. A bola foi fraca e passou entre os braços de Giovanni, que tomou um frango.
O Atlético, com o resultado, perdeu a invencibilidade de cincos jogos do Brasileirão. O time chega a sétima colocação com 14 pontos. O próximo jogo será no dia 16 de julho, contra a Chapecoense, em Santa Catarina, válido pela 10 rodada do Brasileiro 2014. Durante a Copa, os mineiros irão à China para disputar três amistosos.
Com escalação bem ofensiva, São Paulo partiu para cima do Atlético no início do jogo. O Tricolor apostou na movimentação dos atacantes, pressionou o adversário e conseguiu abrir o placar logo aos dez minutos. Osvaldo fez boa jogada individual pela esquerda, passou por Claudinei, improvisado na lateral direita, e cruzou para a área. Luis Fabiano apareceu livre e cabeceou forte para as redes: 1 a 0. Após abrir o placar, o time de Muricy Ramalho manteve a postura e arriscou perigosos chutes de longa distância, ambos com Maicon.
O Atlético conseguiu a primeira finalização somente aos 18 minutos. Depois de troca de passes na entrada da área, Marion ficou com a bola e bateu rasteiro. Rogério Ceni caiu no canto esquerdo e defendeu com traquilidade. Mas a melhor chance do Galo ocorreu sete mais tarde. Em rápido contra-ataque, Marion disparou pela intermediária e cruzou rasteiro. A zaga são-paulina não cortou, Pierre chegou de surpresa na área e chutou rasteiro, mas nas pernas do goleiro. No rebote, o volante ainda tentou de cabeça, mas mandou sobre o travessão.
Aos 32 minutos, uma bobeada de Rogério Ceni quase resultou no empate do Galo. O goleiro deixou a grande área para cortar um lançamento, mas furou. Diego Tardelli ficou com a bola e, mesmo sem ângulo na linha de fundo, bateu para o gol. Douglas apareceu rapidamente e fez corte em cima da linha. O lance motivou o Atlético, que assustou o adversário logo na sequência. Dátolo finalizou de fora de área, e a bola passou rente á trave, com muito perigo.
No final da etapa, o Atlético se estabilizou em campo, acertou a marcação no meio-campo e conteve os avanços de Alexandre Pato e Osvaldo. A equipe de Levir Culpi passou a pressionar o São Paulo, mas não conseguiu o gol de empate.
Atlético e São Paulo caíram de rendimento no segundo tempo. Com jogo morno, o time mineiro pressiona mais, enquanto os são-paulinos esperavam pela chance de contra-ataque. Mesmo em ritmo lento, o Tricolor quase ampliou o placar aos 12 minutos. Douglas aproveitou a desatenção de Edcarlos, roubou a bola na entrada da área e finalizou, mas à direita do gol de Giovanni.
Com time sem ímpeto ofensivo, Levir Culpi realizou a primeira substituição: André, apagado em campo, cedeu lugar a Guilherme. Levir Culpi também alterou o São Paulo e colocou Denílson no lugar de Maicon. Apesar das mudanças, os times não conseguiram criar boas chances. O Atlético continuou mais organizado, mas sem efetividade. Em rara oportunidade, Tardelli invadiu a área e driblou Reinaldo. No entanto, ele foi travado no momento da conclusão.
O Galo quase empatou aos 32. Tardelli cobrou falta na entrada da área, a bola passou pela barreira e explodiu no travessão. Rogério Ceni nem se mexeu no lance. Após tanta insistência, o Atlético conseguiu, enfim, igualar o placar. Aos 33 minutos, Neto Berola, que acabara de entrar no lugar de Marion, aproveitou bom passe de Guilherme e cruzou rasteiro. O volante Josué apareceu na pequena área e mandou para o gol: 1 a 1
Apesar do domínio em campo, o Atlético foi punido por uma falha individual. Substituto de Alexandre Pato no jogo, Pabón aproveitou a chance e garantiu a vitória do São Paulo. Aos 44 minutos, o colombiano cobrou falta de longa distância. Giovanni tentou fazer a defesa, e bola passou entre os seus braços: 2 a 1.



Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com