Uma História, uma só paixão

25 de julho de 2014

A bicada mais linda da história!

Hoje completamos um ano de CAMpeões de América. Desculpem-me,  um ano de título da Libertadores. Porque essa coisa de CAMpeão, nós sempre fomos. Mas foi só em Dois Mil e GALO é que corremos atrás dessa tal taça. Ou melhor, a conquistamos aqui. O espetáculo concretizou-se dentro do Mineirão.

O mundo inteiro parou, não havia quem torcesse contra o soberano de Minas Gerais, fora o outro lado da lagoa, claro. No fundo, até eles queriam gritar GALO. Mas só queriam mesmo, não podiam. Inclusive, até aqueles que foram derrotados por nós durante essa jornada, estavam na torcida pelo Atlético.

A nossa história teve os traços mais alucinantes e entorpecidos de amor que qualquer outro torcedor, até então, nunca havia visto. Não foi apenas a torcida que agradeceu de joelhos a existência do Clube, o GALO também soltou o canto e mostrou que tamanha loucura merecia recompensa. 

Perdoe-me, Senhor, por esse sentimento excessivo. Ao ver dos demais, ele ultrapassa os limites. Pra nós, ele é a razão da nossa existência. E como o mais belo amor é marcado pela reciprocidade, nós merecíamos tudo o que estava por vir.

Pronto, conquistamos a América.

“Senhor, obrigada por ter chegado até aqui. Tudo bem se o título não vier pra nós esse ano. Eu só tava sentindo saudade. Saudade de uma época que nunca tinha visto. Um Atlético que só meus tataravôs relatavam. Um Atlético que só meus antepassados contavam como era. Não, eu nunca duvidei da grandeza do meu time. Mas eu só queria ver. Só queria sentir o Campeão Atlético jogar bola, merecer a torcida. E isso eu estou vendo, desde quando começou a Libertadores. Eu senti o gostinho do que é ser GALO. Que não é só de sofrimento que é feito nossa história. Se não der essa noite, tudo bem, eu senti o meu GALO.”  ressaltou uma jovem torcedora minutos antes de conquistar a América.

Amigo, nós somos CAMpeões! Parabéns, Clube Atlético Mineiro, por uma torcida estonteante e pelo aniversário de tão grande conquista. Que seja apenas um recomeço! 

Sobre o Autor:
Thaís de Lima

Thaís de Lima

Portadora de sangue preto e branco.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com