Uma História, uma só paixão

28 de julho de 2014

Imortal

Amigo, o que está acontecendo? É verdade que ele está indo embora? Quando esse cara chegou, nem o nosso pequeno grande garoto Bernard, acreditou. Foi julgado por parte da torcida, inclusive por mim. Não daria frutos, era só mais um que viria pra acabar de vez com os nossos planos de vitória. Desculpe-me, Ronaldinho.

Mal sabíamos nós, que 04 de junho de 2012, era o recomeço. Pelo cabelo e passes, assistências e sorrisos, gols e gratidão, tiraríamos o Atlético da lama e junto dele, Ronaldinho ressurgiria.

Não vi Reinaldo, não vi Dadá, mas vi Ronaldinho Gaúcho. Ele veio procurar refúgio onde as pessoas dizem “uai” e encontrou. Nós o acolhemos. Nós ganhamos um Mineiro, uma Libertadores, uma Recopa e o orgulho de falar que o melhor do mundo é apaixonado pelo Atlético.

Nunca imaginei que o dentuço vestiria as cores do meu GALO, nem que as lhe tornaria, pra sempre, seu manto sagrado. Porém, dessa vez, não consigo é imaginar ele fora daqui. Aconteceu tão rápido, tão de repente. Vou sentir saudade.

Obrigada, Ronaldinho Gaúcho, por jogar o futebol mais bonito que já vi alguém jogar até hoje. Por reerguer meu Atlético nos ombros. Por deixar que esse nosso amor  o tomasse por completo. Agradeço-lhe até por dona Miguelina, ela é GALO DOIDO também.

R49 você só foi uma vez na vida. Aliás, é. Porque você é um imortal, é um dos nossos. Vai, Ronaldinho e sempre que tudo estiver dando errado, lembre-se, você é um atleticano, você vai superar! Ah! E se tiver um tempinho, vê se volta.

Um abraço, MASSA! E não deixem de contar para os seus filhos, netos e seja lá pra quem for, qual o camisa 10 que mais brilhou com as cores do Clube Atlético Mineiro.



Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Thaís de Lima

Thaís de Lima

Portadora de sangue preto e branco.

5 comentários:

  1. A carreira de Ronaldinho “Gaúcho” está repleta de elementos que lhe conferem uma áurea lendária, privilégio para poucos esportistas. www.euvistoacamisadogalo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Por 25 meses, 87 jogos e 28 gols você virou ATLETICANO, sua seleção foi o GALO, seu hino foi VENCER, VENCER, VENCER, sua casa o Horto e o Mineirão o seu salão de festas! Motivos de sobra para se orgulhar da história escrita em Minas Gerais. A alegria da chegada! A tristeza da partida, um e ir e vir sem razão, futebol é momento e o seu no galo foi concluído com brilho, raça e determinação, foram 2 títulos internacionais inéditos, vou poder contar para meus filhos e netos que fui te ver jogar a final do título mais importante do nosso time, somos gratos a você, é vida que segue! Mereces uma saída honrosa. Para os outros, Ronaldinho Gaúcho! Para nós, eterno ídolo, das jogadas inesquecíveis, das conquistas improváveis e dos gols inacreditáveis! Vá com um pouco de nós que ficamos com um MUITO de você! ‪#‎AquiÉGalo‬ porra! ObriGALO mito!

    ResponderExcluir
  3. também não consigo acreditar e nem imaginar o Ronaldinho vestindo outra camisa que não seja a do Galo. meu coração está dilacerado :(

    agradecida meu eterno Ídolo, por tudo. que os anjos iluminem sempre os seus caminhos...

    (adorei o texto)

    ResponderExcluir
  4. O maior mais vitorioso jogador atleticano que eu com meus 47 anos vi jogar...seremos eternamente gratos por tudo que fez por nossa massa atleticana..que Deus te ilumine.

    ResponderExcluir

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com