Uma História, uma só paixão

26 de setembro de 2014

Clarividência do instinto

Craque vive da intuição, da espetacular  e súbita clarividência do destino. O intenso raciocínio é desgastante para um craque, ele prefere fazer o que o coração ordenar, ou melhor, o que a bola - nos seus pés - mandar. Amigo, é com muita honra que a crônica de hoje está repleta de molecagem, do impulso e loucura de um jovem! Vamos falar do garoto Carlos!

O atleticano berra o insulto e grita ainda mais alto as palavras de motivação, ele faz com que suas veias saltem, ele amadureceu, e até hoje, é incapaz de deixar o sofrimento passar despercebido. É exatamente assim as partidas do GALO: - sofridas. Entre altos e baixos, recebemos reforço, merecíamos um bom jogador, Deus nos mandou um menino.

A tal fome de gols está sendo saciada. Foram poucos na verdade, mas são importantes. Carlos submeteu-se a nossa imaginação, fervor e a nossa crença. Pronto! Mais um dos nossos. Há um abismo entre os outros garotos do Brasil e o jovem atleticano. Seu brinquedo é a liberdade, nada mais que isso.

Ninguém irá compreender - exceção de nós mesmos -  o quanto é valioso o nosso menino. Sei que o Brasil está repleto de talentos individuais, mas o nosso é melhor. Outras regiões do país podem possuir o mais craque, mais objetivo, mas nós temos o Carlos. E um homem é assim, se nasceu portador de cores eternas, ele tende a honrá-las. Ele nasceu GALO, vai jogar feito GALO, massacrar o lado de lá da lagoa, feito o GALO e morrer GALO! Porque, amigo, cá entre nós, desse Galinho aí, nós ouviremos grandes cantos.

Sobre o Autor:
Thaís de Lima

Thaís de Lima

Portadora de sangue preto e branco.

Um comentário:

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com