Uma História, uma só paixão

11 de outubro de 2014

Prodígio

Há tempos estava pensando sobre o que escrever no texto de hoje. A ideia me tomou no meio da semana quando estava a relembrar, por meio de vídeos, os grandes nomes que deixaram marcas registradas no GALO a curto ou a longo prazo, e também, vendo aqueles que permanecem no GALO e que todos nós já sabemos que serão eternizados. Eis que surge a minha brilhante ideia diante a segunda opção – os que permanecem no time, mas que todos nós já sabemos que serão eternizados.
Sem rodeios. O meu escolhido foi o nosso eterno matador denominado Diego Tardelli. Juro que fiz esta escolha na quarta-feira dessa semana, dia 08/10. Como sabemos, hoje teve clássico. Hoje teve Brasil x Hermanos, e claro, não poderia perder essa partida. Vamos logo ao final do jogo: vitória do Brasil com 2 gols de quem? Sim, daquele cara ao qual eu escolhi no meio da semana para ser tema do meu texto de sábado. Alguma vidência? Premonição? Não. Isso se chama instinto atleticano, meu caro. E por isso a ideia se firmou pela manhã.
Diego Tardelli. Tatá. Matador. Chame-o do que lhe for mais conveniente, desde que seja um vocativo a altura do que esse cara representa para a nação alvinegra. A ele tivemos que dar tchau uma vez com o coração na mão e com certa indignação. A Massa Alvinegra não conseguia acreditar que o grande Tardelli estava ali prestes a nos abandonar. Foi difícil! Digo isso por experiência própria... Diego Tardelli ao ver minha grande chateação não se conteve e até respondeu a um de meus tweets onde dizia: “Pois é, minha amiga... Eu tentei, mas infelizmente não foi possível!!!”. Ele sabia e soube reconhecer o peso que isso trouxe a todos nós. Ele partiu.
Soltemos um parágrafo e abrimos um sorriso. Ele partiu, ele foi, ficou, porém: voltou. Não apenas voltou, e sim permaneceu. Diego Tardelli sempre soube que seu lugar é no Clube Atlético Mineiro, ele é nosso, isso é inegável! Pode ser que aqui ele não receba o melhor salário, mas aqui ele encontra os seus familiares, sua família mais próxima que recebe o nome de Massa Alvinegra. Aqui o calor em massa – ou melhor, o calor da massa – atua nas chuteiras da máquina Tardelli e tudo que ele não consegue fazer em outro mundo ele faz por aqui e muito bem feito. Ele faz com raça!
Diego Tardelli sempre honrou o manto alvinegro, sempre soube valorizar esse time que fez com que se tornasse revelação prodígio. É uma relação mãe-filho – metáfora ousada, mas é o que mais se aproxima da relação desse craque com o CAM. Com o seu retorno em 2013, muitas coisas aconteceram: conquista da Libertadores, centésimo gol, e claro, a consagração mais uma vez do nosso ídolo. Com seu retorno, muito mais que tweet de despedida, conheci o cara, e sim, ele realmente é demais. Foram os minutos mais incríveis que eu como amante do CAM e fascinada pelo Tardelli pude viver.
Hoje ele mais do que um ídolo da NOSSA seleção, faz parte da Seleção Brasileira de Futebol e cá para nós: ele está correspondendo nossas expectativas. O tal de Diego Tardelli tem mesmo a cara de Seleção Brasileira, somente os loucos e inconscientes dirão que essa afirmativa é falsa. Hoje ele ocupa um cargo almejado por todos do ramo e aos poucos ele está deixando sua marca e montando sua história em um futebol que entrará para a história da Seleção que mundialmente é reconhecida. Tardelli está literalmente marcando a era da nova escalação promissora do técnico Dunga, onde ele e suas parcerias obviamente serão as cartas coringas dos próximos jogos que ainda estão por vir!
O nosso eterno “Tá tá tá tá tá tá Tardelli” tem história, a mesma se estende por páginas infinitas que logo serão ainda mais infinitas ao descobrirmos que sua história mal acabou de começar! Salve, salve o nosso grande matador. Ei ei ei, Tardelli é o nosso REI. Eterno camisa 9!
Tardelli neles. Tardelli em nós!

Facebook - Diego Tardelli
Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Maria Eduarda Sirina

Maria Eduarda Sirina

Um comentário:

  1. Olá, Maria Eduarda! Sabia que Diego Armando Maradona só fez um único gol contra o Brasil? Moral da história: Até que enfim um Diego entra para história do maior clássico futebolístico. www.euvistoacamisadogalo.com.br

    ResponderExcluir

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com