Uma História, uma só paixão

10 de outubro de 2014

Empate marca duelo entre Galo e Flu no Maraca

Wagner e Marcos Rocha

Em circunstâncias normais, o ponto conquistado ontem à noite pelo Atlético depois do empate sem gols com o Fluminense, no Maracanã, seria comemorado pelos jogadores e torcedores. O resultado tirou o Galo, com 44 pontos, do G-4, e o Flu viu a distância para o grupo dos times que se classifica para a Libertadores aumentar em um ponto - tem 42, contra 46 do Grêmio, quarto colocado.
O Fluminense foi muito superior nos 45 minutos iniciais. Insistiu no jogo aéreo e quase se deu bem dessa forma. A arma mais perigosa tricolor era Conca, dono de cobranças venenosas de escanteio. Aos nove minutos, deixou Fred em ótimas condições, mas a cabeçada passou à direita de Victor. Depois, serviu a Cícero, que testou na trave. Edson ainda quase abriu o placar em chute cruzado, desferido da meia-lua. O domínio tricolor era notório.
Os atleticanos, depois de 45 minutos "assistindo" ao adversário jogar, resolveram arriscar mais na etapa final. Detalhe: o primeiro disparo contra o gol de Cavalieri no jogo saiu aos 18 minutos, com Carlos. Vale destacar que o garoto, 14 minutos antes, só não driblou o goleiro tricolor porque foi parado com um tranco. Falta não marcada e o jogo seguiu. Embora mais ativo, o Galo era pouco perigoso. Quase abriu o placar num lance incomum: Dátolo cobrou escanteio cheio de efeito e quase marcou olímpico, aos 25.
O Atlético passou a repetir o Fluminense do primeiro tempo, levantando bolas na área. Contudo foi ainda mais ineficaz que seu adversário, pois nem sequer levava perigo ao gol rival.
Levir promoveu a estreia do atacante Cesinha (ex-Bragantino), mas o novato encontrou dificuldades para sair da forte marcação carioca. No fim, o empate acabou sendo justo. A torcida carioca foi embora do Maracanã xingando o técnico Cristóvão Borges.
Flu e Galo voltam a campo no mesmo dia e horário: domingo, às 16h (de Brasília). Os mineiros recebem o São Paulo no Independência. O Tricolor vai a Porto Alegre, onde enfrenta o Internacional.

Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com