Uma História, uma só paixão

19 de outubro de 2014

Galo vence Chapecoense com boa atuação de Guilherme

FOTO: GOOGLE IMAGENS
A receita de passes rápidos e movimentação constante no ataque com disposição na defesa garantiu mais uma vitória ao Atlético, que confirma o melhor momento da equipe na temporada. A Chapecoense saiu derrotada por 1 a 0 do Independência, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro.
Em mais uma noite iluminada do atacante Guilherme, que havia sido o herói atleticano na goleada por 4 a 1 sobre o Corinthians, o Atlético-MG fez valer o poder do caldeirão do Horto, que recebeu mais de 20 mil torcedores. Mas a Chapecoense vendeu caro a derrota. Pressionou, especialmente no fim do jogo, em busca do empate e mostrou que tem futebol para permanecer na Série A em 2015.
Guilherme voltou a mostrar um grande futebol. Logo no início da partida, serviu Carlos duas vezes, que teve ótimas oportunidades para marcar. O jovem atacante, contudo, pecou na finalização.
Depois, Guilherme deixou Douglas Santos em condições de abrir o placar. O lateral-esquerdo apareceu bem, nas costas da defesa, e bateu em diagonal para vencer o goleiro Danilo.
O Atlético-MG foi soberano no primeiro tempo. Não só pelo gol marcado, mas pelo volume de jogo e por buscar o gol a todo momento. O poder de fogo alvinegro está, a cada jogo, mais calibrado. Tanto que poderia ter ido para o intervalo com um placar melhor se a arbitragem não tivesse assinalado impedimento inexistente de Carlos, que marcou o gol na sequência. Mas a Chapecoense não foi presa fácil. Deu trabalho, especialmente com Camilo, que se dividiu entre armar e finalizar para o time de Santa Catarina.
A Chapecoense teve que tentar uma postura mais aberta para buscar o empate. Mas o Atlético manteve o seu domínio no Horto e animou a torcida.
Boas jogadas eram criadas com Guilherme, Tardelli, Dátolo, Luan e Carlos. Só que o time catarinense deixou a torcida alvinegra apertada aos 19 minutos. Rodrigo Biro fez cruzamento rasteiro pela esquerda para Camilo. O ex-armador de Cruzeiro e América perde a chance de empate, com um chute forte para o alto.
O cansaço por conta da difícil classificação às semifinais da Copa do Brasil no meio de semana apareceu nos 15 minutos finais para o Atlético-MG. O time alvinegro recuou e cedeu campo à Chapecoense, que não conseguiu o empate, mas que demonstrou que tem futebol para continuar na Série A no próximo ano.
Na próxima terça-feira, às 21 horas, o Atlético visita o Bahia, que perdeu para o São Paulo neste sábado. A Chapecoense recebe o próprio Tricolor Paulista, quarta, às 22 horas.


Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com