Uma História, uma só paixão

2 de novembro de 2014

Motivados pelo passado

Caro leitor, como os textos saem aos sábados/domingos, fica complicado acompanhar os placares do meio de semana, inclusive aqueles que são marcados de lamúrias e emoções extras. Completamos hoje o segundo sábado após a vitória de 4x1, em cima do Corinthians e o primeiro sábado após derrota de 2x0 para o Flamengo.

Bem, como cantam por aí, o GALO é o time da virada, o GALO é o time do amor. Isso realmente expressa muito bem o que somos. Há tempos, somos os donos do placar final que nos leva à classificação. No fim das contas o mata mata nunca foi motivo de tristeza para nós, e sim motivo de muita emoção, apreensão e preocupação – aquela preocupação boa que nos faz sentir tremedeiras, roer as unhas, sentir alterações nos batimentos cardíacos, enfim, a preocupação alvinegra.

Tudo isso sentimos em jogos passados. Nosso passado é marcado de emoção e isso nos motiva, e muito. O bom histórico mais recente se inicia na semifinal da Libertadores de 2013, no jogo de ida contra Newell’s Old Boys, na Argentina, perdemos lá, mas em compensação conseguimos a classificação EM CASA. Vão escutando...

Logo após esse susto diante o Newell’s, o nosso novo adversário se chamava Olímpia. Como estávamos na final, esperávamos um time cheio de motivação em ambos os jogos, mas novamente caímos no jogo de ida e passamos pela lamúria de decidir a final EM CASA com a obrigação da vitória vantajosa. E não foi diferente, o time jogou, jogou, e jogou mais um pouco. Deu o sangue. Acabamos nos pênaltis, e o vento soprou a nosso favor. Campeões da Libertadores de 2013.

No atual ano, na atual Copa do Brasil, já escrevemos parte da nossa história com a virada heróica em cima do Corinthians, onde passamos por cima de quaisquer ameaças e medos alheios. Demos um passo importante e mais uma vez fomos assegurados pela nossa grande torcida jogando EM CASA. Calamos imprensa, calamos a torcida dita gigante, calamos rivais apostadores, calamos multidões. Passamos a fazer parte do: “Depois dessa eu não duvido de mais nada”. E acredite, isso é muito bom.

Enfim, na atual rodada da Copa do Brasil nos encontramos em situação mais uma vez semelhante à anterior. Fomos derrotados no jogo de ida com placar de 2x0, e agora estamos aí em busca da vitória contra o Flamengo, quarta-feira. Quem lê até esse ponto final irá pensar: “Vish, esse time está lascado, não vai passar nem no sonho. Pode desistir!”... Pois meu amigo, não se precipite, leia até o final, pois a melhor notícia vem agora: onde teremos a obrigação de derrotar o “Mengão”? Qual será nosso público no jogo de quarta? Meu caro, esta decisão será EM CASA, e o nosso público não poderia receber outro nome a não ser: A FANTÁSTICA MASSA ALVINEGRA. Não preciso dizer mais nada. O terreiro é nosso e ali nós iremos traçar mais uma parte da nossa história que tem início, mas que nunca terá fim. Pode ter certeza!

Pois bem, tendo o passado como fonte de inspiração para nós, até quarta lembrem-se que: O GALO é tipo nossas mães quando éramos criança e pegávamos pirraça no meio da rua: “Quando chegar lá EM CASA a gente resolve”.


SINTA A VIBE POSIT... ALVINEGRA SOLTA PELO AR. #Faltam3Dias #BicaBicudo 

Facebook - Clube Atlético Mineiro
Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Maria Eduarda Sirina

Maria Eduarda Sirina

Um comentário:

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com