Uma História, uma só paixão

20 de novembro de 2014

No reencontro, Galo atropela o Flamengo

FOTO: GOOGLE IMAGENS

Após duas semanas, desde “o massacre” no Mineirão pela Copa do Brasil, Atlético e Flamengo se reencontraram dessa vez no Horto. E como aconteceu no último confronto entre as duas equipes, o time carioca sofreu nova goleada do rival.  O Galo jogou contra um Mengão que assistiu. O Independência foi palco para uma partida, onde somente o alvinegro jogou nesta quarta feira, pela 35ª rodada do Brasileirão. Com gols de Luan (dois), Diego Tardelli e Dodô que garantiu a vitória mineira e chega aos 61 pontos e volta ao G-4.
A Massa que compareceu ao estádio viu um excelente espetáculo de futebol e celebrou mais uma vitória neste ano contra o antigo rival com gritos de “olé” e “eliminado”.
Levir Culpi escalou o time titular. O mesmo que deverá entrar em campo daqui a uma semana na finalíssima da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, no Mineirão. No meio-campo, dois volantes com qualidade de passe: Leandro Donizete e Rafael Carioca. Josué, suspenso, não joga a partida decisiva contra o rival.
O Flamengo não conseguiu jogar no Horto. Foi amplamente dominado pelo Atlético na etapa inicial, apesar de ter criado o primeiro lance ofensivo, em cruzamento da direita que ofereceu pouco perigo a meta de Victor.
A partir daí, só o Atlético atacou, praticamente. Douglas Santos acertou o travessão em belo chute de fora da área. Carlos obrigou Paulo Victor a fazer grande defesa no seu canto direito. Dátolo ainda assustou a defesa carioca com bom cruzamento rasteiro.
Os três ataque iniciais foram o aquecimento para os gols que estavam por vir. Aos 23, Dátolo cobrou escanteio na segunda trave e achou Luan livre de marcação para finalizar e abrir o marcador. Depois, aos 44, Douglas Santos sofreu pênalti ao driblar Léo Moura. Diego Tardelli converteu.
Mesmo atrás no placar, Vanderlei Luxemburgo fez uma alteração teoricamente defensiva para a etapa final. Tirou o armador Mugni e acionou o volante Amaral. O Galo seguiu com mais ações ofensivas.
O terceiro gol quase saiu aos 5 minutos. Em boa trama na entrada da área, Luan ficou cara a cara com Paulo Victor, que defendeu a finalização. Depois, no rebote, Douglas Santos obrigou o goleiro rubro-negro a fazer nova boa defesa.
Com domínio do jogo, o Atlético trocou passes no campo de ataque ao coro de “olé” da sua torcida. Um gol de Carlos chegou a ser anulado incorretamente. Luan cruzou da direita e o camisa 13 marcou em posição legal. O impedimento foi assinalado.
De toda forma, a vitória virou goleada. Aos 18 minutos, Dátolo fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Luan completar: 3 a 0.
Para completar, Dodô entrou no lugar do camisa 27 e mostrou que está mesmo em fase iluminada. Marcou seu terceiro gol em três partidas. O jovem recebeu assistência de Dátolo e bateu entre as pernas de Paulo Victor.
Antes de focar na Copa do Brasil, o Atlético ainda vai a Porto Alegre enfrentar o Internacional, pelo Brasileirão. O duelo acontecerá sábado, às 19h30.

Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com