Uma História, uma só paixão

1 de dezembro de 2014

Galo se queixa da arbitragem e sofre revés do Coritiba no Horto, em dia de festa e despedida

FOTO: GOOGLE IMAGENS
O torcedor do Atlético encheu o Independência neste domingo para comemorar o título da Copa do Brasil, se despedir do presidente Alexandre Kalil e acompanhar o duelo contra o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro. Fora de campo, deu tudo certo, com volta olímpica no fim da partida. Durante os 90 minutos de bola rolando, contudo, o Galo acabou derrotado por 2 a 1.
Enquanto os motores das duas equipes ainda se aqueciam na chuva que caía no Independência, o Coritiba abriu o placar de forma irregular. Carlinhos estava em posição de impedimento quando aconteceu o cruzamento que ele aproveitou para cabecear no fundo das redes de Victor. A arbitragem não anulou e o placar foi aberto.
Quem dominou toda partida foi o Galo, contudo. A vantagem fez o Coxa recuar e apostar nos contra-ataques. Enquanto isso, a equipe de Levir Culpi se lançava ao ataque para buscar o empate, que quase aconteceu logo aos 7 minutos, com cabeceio de Leonardo Silva.
Diego Tardelli também teve chance, assim como Dátolo e Carlos. Mas quem marcou foi o volante Rafael Carioca. Em lance duvidoso, o gol foi anulado.
Dátolo cobrou falta e Jemerson, na linha de fundo, cabeceou para trás. Rafael Carioca aproveitou e finalizou encobrindo o goleiro Vanderlei. A arbitragem considerou que Jemerson tirou a bola do lado de fora do gramado.
A superioridade do Atlético continuou na etapa final, com diversos lances de ataque. Dátolo e Diego Tardelli eram os mais perigosos para a defesa paranaense.
Mas Maicosuel também teve criou boa oportunidade. Aos 15 minutos, ele arriscou um bom chute de fora da área que Vanderlei espalmou. Quem também obrigou o goleiro do Coxa a trabalhar em finalizações de longe foram Leandro Donizete e Dodô.
Apesar da pressão do Galo, o Coritiba que ampliou. Em um raro lance de ataque, o Coxa aproveitou para marcar. Alex lançou Leandro Almeida em profundidade, que bateu na saída de Victor.
Já o torcedor alvinegro teve a chance de comemorar também, já aos 45 minutos. Pedro Botelho completou cruzamento rasteiro e fechou o placar em 2 a 1.

Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com