Uma História, uma só paixão

12 de abril de 2015

Até breve, Pitbull

Eu nunca soube deixar alguém que fosse especial pra mim. Sempre tive dificuldades em me livrar de boas lembranças que não voltariam mais e não será agora que isso irá mudar. É com muita honra que venho falar de um dos maiores homens de marcação da história do GALO: Pierre.

Pierre foi pra mim, o homem que eu me referia sempre que diziam a palavra "volante", era o Pitbull do meu time, o guerreiro dos gramados, aquele que como foi lembrado pelo Igor, cobria as subidas de Marcos Rocha e deixava o Bruxo livre pra fazer o que ele bem quisesse lá no meio/ataque.

Foi lindo, sabe? Eu nunca tinha visto um time igual ao de 2012/2013. Agora,  um a um, todos vão partindo. O pior é que alguns - como o Pierre, por exemplo - falam abertamente que não querem sair. Infelizmente, nem todas as alegrias são geradas continuamente pelas mesmas pessoas e no mesmo estado temporal.

Pierre, muito obrigada. É com o coração extremamente pesado que venho me despedir de você! Queria sim, que fizesse sequer um gol antes de partir, mas ele não ocorreu. E sabe por quê? Porque você terá que voltar pra isso! Vai jogar longe daqui, mas vê se volta, porque um filho não deve ficar longe do lar que adotou. 




Sobre o Autor:
Thaís de Lima

Thaís de Lima

Portadora de sangue preto e branco.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com