Uma História, uma só paixão

25 de fevereiro de 2016

Galo bate Del Valle na estreia de Robinho


FOTO: YURI EDMUNDO
Na estreia de Robinho, quem roubou a cena foi o meia Juan Cazares. Cerebral, o armador, que também fez a sua primeira partida pelo Galo, foi o grande nome da equipe atleticana na sofrida vitória por 1 a 0 sobre o Independiente del Valle-EQU, nesta quarta-feira, no Independência, pela segunda rodada do grupo 5 da Libertadores. O argentino Lucas Pratto marcou o gol do triunfo alvinegro.
Bastante técnico, o equatoriano deu um belo “cartão de visitas” para a torcida atleticana e, com belos lançamentos, foi o grande nome do Galo no ótimo primeiro tempo feito pela equipe alvinegra. Cazares acabou substituído no começo da etapa final, exatamente para entrada de Robinho, a grande estrela da noite, que, influenciado pela queda de rendimento do Atlético no segundo tempo, acabou tendo uma estreia discreta pelo clube mineiro.
Diante do desempenho ruim no segundo tempo, o Atlético por muito pouco não deixou escapar a vitória no Horto. Melhor na etapa complementar, o Independiente ofereceu mais perigo e chegou a ficar muito próximo do gol de empate, que só não aconteceu, porque os atacantes da equipe equatoriana não souberam caprichar na hora da finalização.
Com a vitória no Independência, o Galo segue 100% no grupo 5 da Libertadores e agora soma seis pontos na competição, mantendo a liderança isolada da chave. O Independiente, por sua vez, segue sem vencer e soma apenas um ponto no torneio.
Se a estratégia do Del Valle era armar uma retranca, a tática equatoriana veio por água abaixo logo aos três minutos. Marcos Rocha fez o cruzamento para Pratto que, sozinho na área, bateu de primeira e a bola passou entre as pernas do goleiro Azcona antes de entrar.



Mantendo a sua tradicional pressão em casa, o Galo quase ampliou poucos minutos depois. Patric foi à linha de fundo e cruzou para Cazares que, da marca do pênalti, acabou furando. Na sequência do primeiro tempo, o equatoriano quase se redimiu em chute de fora da área bem defendido por Azcona.
O Galo seguiu em cima e, em duas cobranças de escanteio chegou muito próximo de marcar o segundo gol com Douglas Santos e Léo Silva. Passada a blitz atleticana, o Atlético se retraiu, aguardando para contra-atacar, porém, com esta estratégia, o Del Valle levou perigo com Cabezas, em lance que Victor fez defesa providencial.
Impondo um ritmo mais lento à partida, o Galo veio a aparecer bem no ataque somente no final do primeiro tempo em lance de bola parada que Léo Silva quase aproveitou.

FOTO: YURI EDMUNDO

Na volta para o intervalo, o Del Valle apresentou uma postura mais ofensiva, oferecendo mais perigo ao gol de Victor. Em meio à evolução da equipe equatoriana, o técnico Diego Aguirre decidiu promover a estreia de Robinho aos oito minutos, no lugar de Cazares, que vinha muito bem na partida.
Sem render na segunda etapa, o Atlético só não sofreu o gol de empate, porque Victor fez bela defesa em arremate cruzado de Cabezas. O Galo, porém, logo reagiu e chegou com perigo em finalizações de Robinho e Patric.
Na sequência do segundo tempo, o Independiente Del Valle seguiu criando as melhores oportunidades e Angulo, numa bela arrancada, ficou de frente para gol, mas, na hora de finalizar, acabou mandando a bola por cima. No final da partida, o Galo segurou bem a equipe equatoriana e ainda ficou a reclamar um pênalti sofrido por Hyuri, que acabou não fazendo falta.

Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com