Uma História, uma só paixão

24 de julho de 2016

Galo supera eficiência do Palmeiras e se aproxima do G4

Foto: Bruno Cantini

Nas primeiras 15 rodadas do Campeonato Brasileiro, o Atlético não conseguiu vencer fora de Belo Horizonte. O único triunfo como visitante havia sido em clássico contra o América, no Independência. Na manhã deste domingo, o Galo encerrou o jejum distante de sua torcida logo contra o líder da Série A. Com um gol marcado pelo "General" Leandro Donizete, o time alvinegro derrubou a invencibilidade do Palmeiras no Allianz Parque e venceu por 1 a 0.
O triunfo na capital paulista deixou o Atlético mais próximo das primeiras colocações. O Galo foi ao sexto lugar, com 26 pontos, três a menos que o Santos, quarto colocado. Já a distância para a primeira colocação caiu para seis pontos. No próximo sábado, o Galo recebe o Santa Cruz, no Independência.
Para encarar o líder do Brasileirão, Marcelo Oliveira optou por formação mais conservadora, sacou um jogador de ataque e escalou três volantes. Assim, Lucas Cândido foi titular, enquanto Lucas Pratto e Carlos ficaram no banco de reservas.
Com um trio de volantes, o Galo conseguiu conter o melhor ataque do Brasileirão, que não contou com o artilheiro Gabriel Jesus, autor de 10 gols. Em contrapartida, o time alvinegro encontrou muitas dificuldades para ameaçar o adversário. Na única boa oportunidade no primeiro tempo, o Atlético aproveitou erro do Palmeiras na saída de bola, Robinho finalizou da entrada da área e Vagner teve de se esticar para evitar que o placar fosse aberto.
Já no início do segundo tempo, o Galo viu o perigo que a velocidade do ataque palmeirense poderia proporcionar. Depois de Leandro Donizete errar passe na intermediária, Erik teve boa chance para marcar, mas Victor salvou o Atlético. Em resposta, a equipe alvinegra contou com chute de Lucas Cândido de fora da área, defendido por Vagner.
As redes foram, enfim, balançadas aos 14 minutos. Em boa trama ofensiva, com participação de Fábio Santos e Fred, Robinho fez o passe entre os zagueiros e Leandro Donizete, como um centroavante, tocou na saída do goleiro: 1 a 0.
Com o Atlético em vantagem, o Palmeiras passou a pressionar. Marcelo Oliveira decidiu então acionar o banco de reservas. Luan, que voltou depois de mais de três meses, e Pratto substituíram Maicosuel e Fred.
Enquanto o Galo tentava aproveitar os contra-ataques, o Palmeiras seguia dominando a posse de bola e lançando bolas na área. Victor precisou intervir em mais de uma oportunidade para assegurar o nono triunfo do Atlético sobre o Palmeiras nos últimos 10 confrontos.

Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com