Uma História, uma só paixão

1 de outubro de 2016

Galo busca vitória diante a Ponte, para melhorar números como visitante no Brasileirão

Foto: Google Imagens

Durante a arrancada do Atlético no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o técnico Marcelo Oliveira traçava aproveitamento de 75% como mandante e 50% como visitante para o Galo seguir até o fim na briga pelo título. A meta estipulada para os jogos em casa foi atingida com êxito. No entanto, os números fora de casa deixam a desejar. E é justamente esse o diferencial do alvinegro na disputa com Palmeiras e Flamengo. A chance de mudança neste panorama são nos dois próximos jogos. Neste sábado, às 16h30, diante da Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, e na quarta-feira, às 21h, contra o Corinthians, no Itaquerão.
Nesta edição do Brasileirão, o Galo tem feito bem o papel como mandante. Em casa, o time soma aproveitamento de 80,9%, a segunda melhor campanha, atrás apenas do Atlético-PR. Já como visitante, o Atlético tem apenas 38,4%, com 15 pontos ganhos, seis a menos que Palmeiras e Flamengo, líder e vice-líder do Campeonato Brasileiro.
O palco para uma reação fora de casa é especial para o passado recente do Galo. Há duas semanas, o time de Marcelo Oliveira perdia por 2 a 0 para a equipe de Campinas, mas arrancou o empate no fim e se classificou para as quartas de final da Copa do Brasil. Para o técnico atleticano, o momento é de melhorar o aproveitamento como visitante para o time seguir na briga pela taça.
Para o jogo deste sábado, o Atlético pode ter novidades. O técnico Marcelo Oliveira sinalizou uma possível volta de Leandro Donizete ao meio-campo. Maicosuel, recuperado de lesão muscular, viajou para Campinas e deve ficar no banco.
Em contrapartida, o comandante alvinegro não contará com duas peças importantes. O zagueiro Erazo, que sofreu um profundo corte no rosto durante a partida contra o Juventude, está vetado. Gabriel entra em seu lugar. Já o meia Dátolo ficou em Belo Horizonte para resolver problemas particulares.

Provável Escalação

Ponte Preta - Aranha, Jeferson, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Breno Lopes; João Vitor, Wendel e Galhardo; Felipe Azevedo, Ravanelli e Roger Técnico: Eduardo Baptista

Atlético - Victor, Carlos César, Gabriel, Leonardo Silva e Fábio Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso (Leandro Donizete), Cazares e Clayton; Robinho e Fred. Técnico: Marcelo Oliveira


Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com