Uma História, uma só paixão

23 de outubro de 2016

Galo pega Figueirense e visa sonho do título Brasileiro

Foto: Google Imagens

São oito pontos de distância até o líder Palmeiras. Restando apenas sete rodadas, ou 21 pontos em disputa no Campeonato Brasileiro. Mas no Atlético a ordem é acreditar. E, para manter vivo o sonho, o time precisa fazer o dever de casa, ou seja, se impor frente ao Figueirense neste domingo, às 19h30, no Independência.
O “fator casa” move o Galo nas duas próxima rodadas do Brasileirão. Depois dos catarinenses, que lutam contra o rebaixamento, a equipe recebe o vice-líder Flamengo, hoje com quatro pontos de vantagem sobre o Alvinegro.
O Atlético vem de 11 vitórias seguidas como mandante no Campeonato Brasileiro. Ao lado da campanha de 1977, é a maior sequência da história do time na competição. E neste domingo, além de bater a marca do clube, o Galo pode igualar a maior série de vitórias de um mandante na era dos pontos corridos. Em 2015, o Santos alcançou 12 triunfos seguidos em casa.
Na reta final de temporada, o Atlético se divide em duas frentes: sonha com a taça do Campeonato Brasileiro e é semifinalista da Copa do Brasil - o jogo de ida contra o Internacional é nesta quarta-feira em Porto Alegre.
Com a boa vantagem aberta pelo Palmeiras, Marcelo Oliveira quer mobilizar o time para não poupar forças no Brasileirão. Além de seguir na luta pelo título, o treinador quer evitar surpresas com a aproximação do Santos, quarto colocado. Neste domingo, o Peixe pega a Chapecoense em Chapecó. Já Palmeiras e Flamengo jogam em casa, contra Sport e Corinthians, respectivamente.
O treinador tem duas baixas para armar a equipe. O volante Rafael Carioca está suspenso. Já o zagueiro Leonardo Silva sofreu ruptura do tendão do músculo anterior da coxa direita e não deve jogar mais este ano. Além deles, Marcelo não conta com quatro atletas que já vinham se recuperando de lesão: o lateral Marcos Rocha, os meias Dátolo e Maicosuel e o atacante Carlos.
O Figueirense luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A equipe catarinense soma 32 pontos, na 18ª colocação. O primeiro clube fora da zona de descenso é o Internacional, com 36 pontos.
Emprestados pelo Atlético, o atacante Rafael Moura e o meia Dodô estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo e desfalcam o Furacão.

Provável Escalação

Atlético - Victor; Carlos César, Gabriel, Erazo e Fábio Santos; Leandro Donizete, Júnior Urso, Otero e Robinho; Clayton e Fred. Técnico: Marcelo Oliveira

Figueirense - Gatito Fernández, Ayrton, Marquinhos, Werley e Marquinhos Pedroso; Renato, Josa, Ferrugem, Renato; Bady, Rafael Silva. Técnico: Marquinhos Santos

Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com