Uma História, uma só paixão

6 de novembro de 2016

Sem espírito para ser campeão, Galo é batido pelo Coxa e vê título distante

Foto: Google Imagens

Finalista da Copa do Brasil, o Atlético ficou mais distante do sonho de conquistar dois títulos nacionais na temporada. Com alguns titulares poupados e novo terceiro uniforme, o Galo teve atuação ineficaz diante do Coritiba, neste domingo, no Couto Pereira, e acabou derrotado por 2 a 0, em duelo pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Raphael Veiga, em belo chute de fora da área, e Kleber Gladiador, de pênalti, marcaram os gols da vitória do Coxa.
O resultado negativo na capital paranaense não tira a chance matemática, mas deixa remota a pretensão de título do Alvinegro, que fica na quarta colocação, com 60 pontos, dez a menos que o líder Palmeiras. Já o Coritiba, na luta para escapar do rebaixamento, chega a 42 pontos, na 14 ª posição da tabela.
Com a pausa no Campeonato Brasileiro para os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo, o Atlético volta a campo somente em 17 de novembro. O Galo recebe o Palmeiras, numa quinta-feira, às 21h, no Independência, em última cartada na briga pela taça. Um dia antes, o Coritiba enfrenta o Santa Cruz, no Couto Pereira.
Atlético e Coritiba não tiveram muita contundência no início da primeira etapa. O time da casa criou a primeira chance de perigo aos 16 minutos. Kleber recebeu na entrada da área, girou o corpo e arriscou o chute. Victor saltou no cantinho esquerdo e fez boa defesa, espalmando para escanteio. Dois minutos depois, o Coxa assustou a meta alvinegra novamente. Livre na grande área, Iago aproveitou cruzamento da direita e desviou de cabeça, e a bola tocou no lado contrário da rede.
Aos 23 minutos, o Atlético conseguiu responder às investidas do Coritiba. Em rápida jogada, Lucas Pratto tabelou com Fábio Santos, invadiu a área, ficou de frente para o gol,  mas acabou travado por Amaral no momento da conclusão. Apesar do susto, os paranaenses mantiveram o ímpeto no ataque e só não abriram o placar devido à intervenção de Victor. O venezuelano César Gonzalez cobrou falta na meia-lua.  A bola passou pela barreira, foi no canto esquerdo, e o goleiro atleticano fez outra grande defesa, mandando pela linha de fundo.
Mais efetivo no ataque, o Coritiba explorava as jogadas pelas laterais, enquanto o Atlético suportava a pressão, sempre à espera de oportunidades para o contra-ataque. Apesar da formação ofensiva, com Cazares, Otero, Luan e Pratto, o time mineiro teve problemas na criação e pouco ameaçou durante o primeiro tempo. Já o setor defensivo deu brechas para finalizações de longa distância, como na outra tentativa de Kleber, aos 34 minutos. Victor, no entanto, fez mais uma defesa importante no Couto Pereira.
E a estratégia de arriscar chutes de fora da área deu resultado ao Coritiba. Logo aos sete minutos do segundo tempo, Raphael Veiga ficou com a sobra na intermediária, dominou e, no quique da bola, soltou a bomba. A bola foi no ângulo direito de Victor e ainda tocou no travessão antes de entrar: golaço do Coxa!
Vendo as chances na briga pelo título desaparecerem, o técnico Marcelo Oliveira resolveu tirar Robinho do banco. Poupado, o atacante entrou aos 16 minutos, na vaga de Luan, pouco efetivo no jogo.  A alteração não surtiu efeito, e o Galo continuou ineficaz em campo. Para tentar reverter a situação, o comandante alvinegro decidiu realizar mais duas substituições: Maicosuel, de volta ao time após lesão, assumiu o lugar de Cazares; e Fred, que também havia sido poupado, entrou para a saída de Otero.
Mesmo com a linha ofensiva reforçada, o Atlético não conseguiu criar jogadas perigosas. A equipe tentou lançamentos e inversões, mas pecou nos erros. Nos minutos finais, o Coritiba recuou e dificultou ainda mais as ações atleticanas. Nos acréscimos, o Galo levou mais um golpe. Patric derrubou Kazim dentro da área, e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Kleber Gladiador deslocou Victor, mandou no cantinho direito e definiu o placar no Couto Pereira: 2 a 0.

Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Ana Paula Xavier

Ana Paula Xavier

Escritora do Galo Forever. Fanática pelo CAM. Adoro minha família e amigos. Personalidade forte.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com