Uma História, uma só paixão

2 de outubro de 2020

O menino e sua paixão pelo Galo

       Como explicar um sentimento verdadeiro, algo que nasce dentro de nós e vai crescendo independentemente de vitórias ou derrotas? Não existe explicação para o amor, ele surge e preenche nossos vazios, nos motiva e nos conforta. 

Minha relação com o Clube Atlético Mineiro se iniciou em 2011, antes disso eu não assistia a quaisquer jogos que passavam, para falar a verdade, nem gostava muito. Minha família toda torcia para outro time, portanto quase nunca tive acesso aos jogos e principalmente à energia da torcida atleticana tão apaixonada, mas tudo mudou quando eu vi o Galo jogar, mesmo não fazendo uma boa campanha e terminando o ano em 15° lugar no Brasileirão, senti algo me levando a esse time. A torcida. 

Nunca tinha sentido isso antes, essa energia, essa vontade de ser reconhecido e provar que o lugar que o Galo merece é estar sempre brigando por títulos. É por esse carinho, essa garra, fui me apaixonando pelos jogos e passei a acompanhar sempre que possível, ficando com raiva nas derrotas, muitas vezes injustas, e alegre pelas vitórias.

Foi em 2013 que percebi que o Atlético Mineiro era muito mais do que meu time do coração, mas sim um exemplo a ser seguido. Superação, fé, a capacidade de dar a volta por cima, mesmo em situações muito difíceis. “Eu Acredito!” também virou o lema da minha vida. Toda vez que me recordo dos jogos, eu penso que posso vencer os obstáculos da minha vida. Foi aí que eu entendi que o fato de eu amar tanto o Atlético foi porque ele me mostrou que eu posso vencer os meus problemas. Que sou capaz. Que se eu sonhar e acreditar, posso ir muito longe. 

                                                                  R. S. Pires

Minha autoestima melhorou muito, estava feliz, me tornei sócio torcedor para retribuir o que o Galo me fez, e esse ano foi abençoado ao ir pela primeira vez ao Mineirão para ver o Galo jogar e ganhar de seu maior rival. Sou feliz por ser atleticano, mesmo que para o Galo tudo tem que ser mais difícil, mas isso serve só para nos lembrar de que não devemos desistir do que sonhamos. 


Bruno Cantini/Atlético



Compartilhe com seus amigos:
Sobre o Autor:
Rodrigo Pires

Rodrigo Pires

Um comentário:

Redes Sociais

Total de visualizações de página

Arquivo do blog

Receba novidades por e-mail

Copyright © Galo Forever Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com